Investir em uma disposição assimétrica de quadros é a dica para uma decoração mais contemporânea. Bom gosto na escolha das peças é sempre fundamental
Quadros

Quadros são bem-vindos em todos os lugares da casa porque dão vida e personalidade aos ambientes. Entretanto, os cuidados na escolha da arte e disposição dos objetos são diferenciais para uma decoração mais contemporânea, deixando de lado qualquer traço de conservadorismo. A bola da vez é o uso de composições inusitadas, com diferentes tamanhos, motivos e posições.

Segundo a arquiteta Carmen Calixto, uma forma interessante de usar quadros é apoiá-los em painéis ou estantes. “Além de ser lindo, não precisa furar as paredes. Essa é uma boa opção para apartamentos alugados, ou para quem costuma enjoar facilmente e gosta de mudar as coisas de lugar com frequência”.

A arte do quadro é tão importante quanto a composição, conforme explica a arquiteta. “Devemos evitar quadros com pinturas ou imagens de gosto duvidoso. Para quem não tem condições de investir em obras de arte, há várias opções interessantes como os pôsteres e quadros de fotografias. Existem galerias virtuais especializadas nesse tipo de quadro, com infinitas opções a custos interessante”, afirma Carmen Calixto.

Para evitar uma composição de quadros ultrapassada, é interessante investir em uma disposição assimétrica, trabalhando o volume e as cores de forma leve e espontânea. De acordo com a designer de interiores Iara Santos não se pode ter medo de misturar moldura, tamanho e estilos. Importante também é de prezar pela história do quadro na vida daqueles que usufruem do ambiente.

“Quadros não precisam combinar entre si. O mais importante é que as peças escolhidas toquem os donos da morada de alguma forma, pois estarão sempre em evidência no espaço. Escolher apenas porque combinam com a decoração não é recomendado”, explica Iara Santos. Ela cita um projeto em que usou quadros de fotografia e eles deram muita personalidade à decoração.  “Com cores aconchegantes, harmonizaram bem com os tons do ambiente. A composição deu um charme a mais”.

Quadros

Neste projeto, o liberdade da disposição dos quadros foi total. A designer Iara Santos optou por trabalhar com tamanhos iguais e diferentes de quadros. Eles também foram dispostos tanto na parede quanto encostado na bancada de madeira.

Serviço:
Carmen Calixto
(31) 3586-8616
http://www.carmencalixto.com.br

 

Ver página do escritório no Arqbrasil

Ver página do escritório no Arqbrasil