Skip to main content

Composição de quadros do Manarelli Guimarães

Para criar uma composição de quadros harmônica é preciso ficar atento a alguns detalhes importantes apontados por Ana Paula e Thiago, sócios do escritório

Uma casa sem arte não tem a menor graça e, uma composição de quadros, além de enriquecer o ambiente com obras de arte, também traz vida a espaços sociais e aqueles cantinhos geralmente esquecidos no décor. Apesar de não existirem regras específicas para esta composição, algumas sugestões ajudam a criar um ambiente mais harmônico e que expresse a personalidade dos moradores.

Para colaborar nessa prazerosa missão, os arquitetos Thiago Manarelli e Ana Paula Guimarães – do escritório Manarelli Guimarães Arquitetura -, que já trabalham com composição de quadros há mais de 10 anos, selecionaram cinco dicas para prestar atenção na hora de montar a sua.
Ler mais Leia+Mais→

Sem paredes pelo Casa 100

A única divisão interna deste ap, assinado pelo escritório Casa 100 Arquitetura, é o painel de vidro que protege o banheiro. Todo o restante é integrado em prol da entrada da luz natural e sensação de amplitude

casa100

Apesar de generosa, a varanda era a única fonte de luz natural do apartamento comprado ainda na planta pelo jovem casal, que fazem todas as atividades a pé, ou de bicicleta, adoram a região central e valorizam a arquitetura e o design.

Não desperdiçá-la, portanto, era uma das maiores preocupações do projeto assinado pelos arquitetos Diogo Luz e Zé Guilherme Carceles, sócios no escritório Casa 100 Arquitetura. Por essa razão – e em nome da sensação de amplitude para a área exígua –, não se vê nenhuma parede interna setorizando os ambientes. A única que existia, a do banheiro, foi substituída por uma folha de vidro jateado, capaz de vedar o local sem comprometer sua privacidade, captando a luminosidade.
Ler mais Leia+Mais→

O gato no espaço

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia, IBGE, em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, Abinpet, existem mais de 22 milhões de gatos no Brasil e esse número deve superar o de cães, hoje mais de 52 milhões, em apenas 10 anos
gato

A designer Laura Santos destaca que em projetos que tenham gato as redes nas janelas são essenciais e tampo de vidro na mesa de jantar, onde o gato adora dormir / Arquiteta Carmen Calixto projetou em marcenaria um playground para gatos que fica na varanda do apartamento

Cada vez mais, o gato tem sido eleito como animal de estimação porque se adapta facilmente à dinâmica da vida moderna. Até nos projetos de decoração do lar, os bichanos são lembrados. “Esses animais passaram a ser tratados como membros da família e são sempre citados no briefing de projetos e é importante adaptar a casa para eles também”, conta a arquiteta Carmen Calixto.

Em um projeto recente, a designer de interiores Laura Santos, fez algumas especificações pautadas pelas necessidades dos pets da cliente: “Na casa há dois gatos e um cão. Eles gostam de tecidos mais finos, o ideal é o uso do couro ou courino. No piso, o porcelanato foi escolhido pelo aconchego e facilidade na hora de limpar xixi e cocô. No corredor, colocamos fotos dos animais para destacá-los”.
Ler mais Leia+Mais→

Bons motivos para não usar couro

Por trás do uso do couro existe um cenário nada agradável, como explica a arquiteta Giovanna Gogosz

Giovanna Gogosz

De roupas e acessórios como bolsas e sapatos, a móveis e estofamento de carros, o couro natural ou legítimo é um elemento que pode ser encontrado por toda parte. Por mais que as gerações modernas estejam apostando cada vez mais em campanhas de conscientização sobre a utilização do couro, mesmo assim, ainda é um material utilizado por diversos profissionais. E com o setor de decoração o cenário é o mesmo. É muito comum a presença do couro em sofás, cadeiras, tapetes e, por incrível que pareça, até em cafeteiras. Leia+Mais→

PB Arquitetura artesanal e romântico

O quarto é local de aconchego e descanso, por isso, usar detalhes artesanais e cores neutras não tem erro

romântico

Para um casal de 60 anos, com espírito jovial, os arquitetos Bernardo e Priscila Tressino, apostaram em elementos artesanais, papel de parede e muito charme.

Com 20 m², o quarto teve seu layout modificado pelos arquitetos. Além de mudarem a disposição dos móveis, eles dividiram a parede com drywall, para dar lugar a um closet, que também serviu como painel para a televisão de um lado e espelho do outro. Criando algo funcional e elegante.
Ler mais Leia+Mais→

OneYou! de Glaucio Gonçalves

Glaucio Gonçalves Arquitetura e Design lança conceito para minis e pequenos apartamentos, “OneYou! Mais que arquitetura, seu estilo de vida” ajuda as pessoas a criarem o lar dos sonhos em espaços diminutos

Glaucio Gonçalves

Atento às tendências do mercado imobiliário e às necessidades dos clientes, o escritório Glaucio Gonçalves Arquitetura e Design lança o “OneYou! Mais que arquitetura, seu estilo de vida”, seu selo especializado em micros e pequenos apartamentos. “Criamos o OneYou! porque para quem não entende do assunto, decorar os micros e pequenos apartamentos é um desafio. Afinal, o lar tem de ser confortável, ter tudo acessível e com o estilo de vida de quem o habita. E o OneYou! é focado no estilo de cada cliente. Cada projeto é personalizado”, explica o arquiteto Glaucio Gonçalves.
Ler mais Leia+Mais→

Arquitetura nas transformações da sociais

Mudanças na forma das pessoas trabalharem e se relacionarem estão impactando também no layout das moradias. Os apartamentos antigos passam a estar em evidência e a preferência atual é adequá-los em vez de comprar um novo

As moradias sempre foram um importante elemento para se contar a história da humanidade. À medida em que a sociedade vai se transformando, mudanças comportamentais impactam na forma como as pessoas vivem. Hoje em dia, por exemplo, morar perto do trabalho é algo mais valorizado que ter carro. Trabalhar em casa é realidade e tudo isso tem agregado um valor especial aos apartamentos antigos que trazem algumas vantagens mais coerentes às novas formas de viver. Leia+Mais→

Flávia Ranieri com foco no envelhecimento ativo

Arquiteta se especializa em gerontologia cria apartamento para reduzir acidentes domésticos dos idosos, diminuir os principais obstáculos da velhice e reduzir cerca de 40% dos acontecimentos

Somos Grou

Segundo dados recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na última década, o número de pessoas acima dos 60 anos subiu cerca de 50%. Este percentual representa um aumento de mais de 8,5 milhões de pessoas nessa faixa etária. Em 2027, essa quantidade deve subir ainda mais e chegar a 38 milhões. A partir deste cenário, a arquiteta especialista em gerontologia e consultora de bem-estar para as pessoas idosas, Flávia Ranieri, criou a Somos Grou, que atrela qualidade de vida e longevidade pensando na velhice das pessoas. Leia+Mais→

Scroll Up